Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2010

Alimentação cerebral

Alimentação cerebral
Você já sabe que uma dieta equilibrada para a saúde, seja para manter uma pele bonita e jovem, seja para o bem do coração, ou para buscar uma vida longa. Mas você tem ideia do impacto que sua alimentação tem sobre o seu cérebro? Para começar do básico: considere que tudo o que compõe o seu cérebro vem da sua alimentação: proteínas, carboidratos, as gorduras que constituem a membrana das células e da bainha de mielina, os sais minerais que participam do equilíbrio elétrico das células e dos sinais nervosos, as vitaminas que mantêm as células vivas. Para manter o cérebro (e o resto do corpo) saudável, é preciso portanto ter uma alimentação saudável: diversificada e equilibrada. Pesquisas recentes têm demonstrado os efeitos (positivos e negativos) de substâncias presentes nos alimentos sobre o sistema nervoso. Os dados a seguir mostram o papel conhecido de algumas dessas substâncias no organismo, as consequências da sua deficiência, e os efeitos da suplementação. Lembre…

Como agrupo meus alunos?

Planejamento e Avaliação InteraçõesAgrupamentos dos alunos Edição 220 | Março 2009 Como agrupo meus alunos? Em duplas, trios, quartetos... Para definir a melhor alternativa, é necessário, antes de mais nada, diagnosticar o que cada um sabe sobre o conteúdo. Como forma de ajudar nessa tarefa essencial para a aprendizagem, respondemos a 13 questões sobre o tema Ana Rita Martins (ana.martins@abril.com.br), Beatriz Santomauro e Bianca Bibiano Página  1234567891011121314 As professoras Ana Paula Kordash e Vera Lúcia Guastapaglia, da EMEF Leandro Klein, em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, lecionam para uma turma de 5º ano. Para ensinar conteúdos de todas as disciplinas, muitas vezes elas dividem os 28 alunos em grupos, mas nunca de forma aleatória. A razão é simples: as duas já sabem que colocar trabalhando juntos os que têm saberes diferentes é uma forma poderosa de fazer todos aprenderem. Para tanto, sempre iniciam uma atividade com um diagnóstico em que verificam o que ca…

Chegamos nas 350 mil visitas, obrigado.

Gostaria de mais uma vez, dizer muito, mas muito obrigado a todos que visitam este espaço. Chegamos na data de hoje a 350.000 vistas, e 475.000 páginas visitadas. Em especial aos professores e estudantes de licenciatura, aos pedagogos/as, aos pais  e amigos que me acompanham por e-mail ou pelo blog como seguidores. Isto me motiva a continuar postando, apesar de ter me formado com 40 anos  de idade em pedagogia, fico feliz por poder partilhar e interagir com todos vocês. Estou com muita saudades de minhas amigas e amigos de faculdade. Me despeço com uma frase de Paulo Freire que li no Blog da professora Noêmia http://psicopedagoclieduc.blogspot.com/
"É fundamental diminuir a distância entre o que se diz e o que se faz, de tal forma que, num dado momento, a tua fala seja a tua prática."
(Paulo Freire)
Obrigado por sua visita, volte sempre.

Enc: PALAVRA DO DIA (26/03/2010) – ANGINA

----- Mensagem encaminhada ----
De: Palavra do dia <newsletter@palavradodia.com.br>
Para: joaocarlosmaria@yahoo.com.br
Enviadas: Sexta-feira, 26 de Março de 2010 15:11:57
Assunto: PALAVRA DO DIA (26/03/2010) – ANGINA

Tema da semana: Termos relacionados à medicinaPALAVRA DO DIA – ANGINAAngina é um termo utilizado, na área da cardiologia, para definir uma dor intensa no tórax que pode irradiar para os braços, pescoço, ombros e nuca. Normalmente a causa da angina é isquemia (insuficiência de irrigação sanguínea ) no músculo cardíaco. Já na área da otorrinolaringologia, angina é o termo utilizado para se referir a qualquer inflamação aguda na garganta ou faringe. >> Definição do iDicionário Aulete:(an.gi.na) sf.1. Med. Dor intensa e espasmódica; quadro clínico configurado por tal dor.2. Med. Esp., dor muito intensa, no peito; ver angina do peito [Tb.: angina do peito]3. Otor. Qualquer inflamação aguda na garganta ou na faringe, com dificuldade de deglutir e/ou de respirar.[F.: Do l…