ABAIXO OS SEGUIDORES DESTE BLOG OBRIGADO POR ACOMPANHAR NOSSO BLOG.

Seguidores

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Educação e Sociedade Autor: Fernanda da Silva Pereira



Educação e Sociedade

Autor: Fernanda da Silva Pereira
Data: 23/12/2011
RESUMO
Educação e sociedade estão por causas e consequências ligadas. Pois, uma é dependente da outra. Por essa e outras questões é importante que o ser humano esteja ciente do assunto abordado neste trabalho. Levando-se em consideração as contribuições que uma passa para a seguinte, as transformações que ocorrem na sociedade e o papel da escola no desenvolvimento destas. E o que elas influenciam em nossas vidas.
1 INTRODUÇÃO
Primeiramente serão abordadas as contribuições da educação para a sociedade. Sendo que as duas se complementam, porque uma depende da outra para conseguirem abranger as novidades. As quais são causa e consequência das transformações que ocorrem no mundo, principalmente as novas tecnologias. Pois, a área tecnológica é um fator, o qual tem muito a ser desvendado pela educação e pela sociedade, entre muitos outros que permeiam e até preocupam as duas. 
Buscando apoio nas obras de importantes autores como Leandro Konder, Edgar Morin... Autores que retratam nas suas obras a relação entre a educação e sociedade, as quais fazem e sempre farão parte da realidade, estando ininterruptamente em desenvolvimento. É nesse desenvolvimento que é dado um maior enfoque, porque ao seu longo percurso e infinito nos deixa muitas vezes intrigados pelo fato de não sabermos o seu resultado. Ou seja, com nossa sociedade e a educação em pleno desenvolvimento acabamos nos preocupando com o que suas mudanças podem refletir na cultura, política, enfim nas nossas vidas como cidadãos agentes de sua sociedade.

Com todas essas contribuições e transformações ocorrendo em nossa sociedade, poderemos perceber a relação que a educação possui. Mas para que isso ocorra precisamos nos dar conta de tudo o que está ao seu redor, ou seja, dos fatores que contribuem para essa relação. Educação e sociedade não são somente duas palavras interligadas, elas são duas reais formas de buscarmos aquilo que queremos para o futuro de nosso mundo.
Num segundo momento será abordado o papel da escola como instituição de ensino. Onde se observará a sua responsabilidade tanto com a educação, quanto com a sociedade. Também será verificado o verdadeiro objetivo deste trabalho, que é compreender a relação entre estas duas palavras, as quais possuem uma extensa importância para cada um de nós. E nesse contexto poderemos nos descobrir como seres ativos de sua sociedade, observando nossa própria importância sobre ela.
2 AS CONTRIBUIÇÕES DA EDUCAÇÃO NA SOCIEDADE
A educação sempre contribuiu para o desenvolvimento da sociedade. A qual busca nas raízes da educação o verdadeiro sentido para sua evolução cultural, principalmente. Pois, é através desta interação que existem contribuições, porque a sociedade só se torna moderna com a evolução da educação. E a própria sociedade tem seu papel nestas contribuições, porque é com seu respaldo que a educação tem procurado assimilar da melhor maneira possível o que está ao seu redor. 
Existe uma grande busca de qualidade por parte da educação. Esta não é só uma preocupação da educação, mas também uma exigência da sociedade frente aos avanços tecnológicos e as mudanças nas áreas: econômica e cultural. Principalmente, a tecnologia tem modificado-se a cada dia e isso tem refletido nas escolas, fazendo com que os educadores busquem cada vez mais aprimoramento na área, reforçando assim seu trabalho, pelo fato dos alunos mostrarem muito interesse ao se tratar da tecnologia. 
Na área tecnológica, a educação apresenta muito interesse. Entretanto, a política não faz a sua parte, deixando muitas escolas em pleno desenvolvimento tecnológico sem computadores, professores especializados... Além dessa falta de respaldo por parte da política, aquelas escolas que possuem esses recursos acabam sendo roubadas, tomadas pela falta de segurança, através do terror que afeta a sociedade mundial, a violência.
 Analisando a função social da educação, Konder (2000, p. 112) afirma que não existe "sociedade humana sem trabalho e sem educação":
Toda sociedade vive porque consome; e para consumir, depende da produção, isto é do trabalho.
Toda sociedade vive porque cada geração nela cuida da formação da geração seguinte e lhe transmite algo dos seus conhecimentos e da sua experiência, educando-a.
Não há sociedade humana sem trabalho e sem educação.
3 O PAPEL DA ESCOLA
A escola como instituição de ensino se restringe há muitos anos. Mesmo com as transformações, pelas quais passou a educação, existe muito para se melhorar, especialmente na questão institucional. Pois, segundo a LDBEN (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, 1996) a educação é perpendicular a todos os membros de uma sociedade. Isto nos demonstra que a educação não é só para uma minoria da sociedade.
Na educação da sociedade, o papel fundamental da escola é planejar juntamente com sua comunidade o PPP (Projeto Político-Pedagógico). Neste deverá ser escrito o que a própria quer desenvolver em seus alunos, isto é, o exemplo de cidadão que formará para interagir com a sociedade. Também deverá ter neste documento os objetivos a serem alcançados no decorrer do processo de ensino-aprendizagem, a sua filosofia... Conforme Morin (2001, p. 14) "o conhecimento do conhecimento deve aparecer como necessidade primeira, que serviria de preparação para enfrentar os riscos de permanentes erros e de ilusão, que não cessam de parasitar a mente humana."

Ainda há muito para ser feito em prol da escola. Mas, para que isso ocorra é necessário que busquemos valorizá-la intensamente e no futuro poderemos encontrar com esforços pelo menos o caminho a ser percorrido para que ela se torne ideal. E mesmo que esta busca seja cansativa, ao relembrarmos tudo o que ela fez no passado, conseguiremos compreender o seu papel fundamental de democratização da educação.
3.1 AS TRANSFORMAÇÕES NA SOCIEDADE
Abordando-se a questão social da educação é notório o papel da sociedade sobre esta. Pois, o fato delas estarem interligadas não faz com que esqueçamos das diversas transformações que a sociedade tem passado. Entre estas transformações podem ser consideravelmente lembradas: a democratização da educação, a tecnologia, a evolução da cultura pelas diversidades e respeito às mesmas... 
Considerando o papel da educação na atualidade, Edgar Morin (2003, p. 105) alega que a educação "deve reforçar o respeito pelas culturas":
A educação deve reforçar o respeito pelas culturas, e compreender que elas são imperfeitas em si mesmas, à margem do ser humano. Todas as culturas, como a nossa, constituem uma mistura de superstições, ficções, fixações, saberes acumulados e não-criticados, erros grosseiros, verdades profundas, mas essa mescla não é discernível em primeira aproximação e é preciso estar atento para não classificar como superstições saberes milenares, como, por exemplo, os modos de preparação do milho no México, que por muito tempo os antropólogos atribuíram a crenças mágicas, até que se descobriu que permitiam que o organismo assimilasse a lisina, substância nutritiva que, por muito tempo, foi o seu único alimento. Assim o que parecia ?irracional? respondia a uma racionalidade vital.
Atualmente a educação tem exercitado mais a democracia e a cidadania. Pois, computadores estão sendo inseridos no ambiente escolar, alunos estão tendo mais contato com as novas tecnologias, entre estas a internet, a qual se tornou um recurso imprescindível para alunos e professores. Os próprios professores utilizam este recurso para inovar suas aulas e fazer com que seus alunos tenham mais interesse pelos conteúdos. Segundo Costa (2002), ao enfrentarmos as metodologias, acabamos nos deparando com a ciência que é um pensamento impregnado de parâmetros, os quais fazem todos discernir o certo do errado, por exemplo. Por esses motivos, estão cada vez mais repensando a prática pedagógica, fazendo com que as aulas sejam para os alunos mais agradáveis e interessantes.  E isso vem trazendo novas possibilidades para a sociedade com mais conhecimento às culturas, uma educação mais democrática e igualitária, onde todos os cidadãos possuem o direito de usufruírem, por exemplo, das novas tecnologias...
As novas tecnologias tem sido as maiores fontes de transformação da sociedade, porque é partindo desse pressuposto que a educação tem promovido progressos. Estes progressos estão elevando a sociedade a um patamar incalculável de conhecimento. E esse é o resultado da democratização que a educação tem passado ao longo dos anos, ao respeito às diferenças e valor às culturas.
4 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Tanto a sociedade, quanto a educação contribuem para o desenvolvimento do ser humano. Mas, como foi relatado ao decorrer deste trabalho, elas dependem de outros fatores para que esse desenvolvimento seja cada vez mais eficaz, como,  por exemplo, da política. Esta poderia valorizar mais a educação, fazendo com que a segurança tome conta das escolas, ao invés da violência, dando mais respaldo à educação para que essa cumpra o seu papel de caminhar com a sociedade, fazendo desta agente de seu processo.
As duas ainda têm muito para melhorar. Essa melhoria acontecerá quando a escola se unir com a sociedade, porque dessa maneira irão se dar conta de que estão sendo manipuladas pela camada mais elevada da sociedade, resolvendo reivindicar os seus direitos, deixando de conviver com a educação desordenada, passando a refletir e criticar para erradicar com as necessidades que a educação da atualidade tem encontrado, fazendo assim uma perfeita ligação entre teoria e prática.
Para os seres pensantes a educação sempre foi a prioridade do mundo. Porém, falta ela ser prioridade dos "governantes". Para que isso ocorra é necessário que nos preocupemos nos momentos em que acontecem as eleições, dando mais dedicação para a escolha do que oferecer o melhor para a educação, porque só assim estaremos contribuindo para um melhor futuro de nossa sociedade. Pois, temos que pensar nos nossos sucessores, os quais irão necessitar de uma educação de qualidade para conviver melhor com os outros cidadãos.

5 REFERÊNCIAS
BRASIL. Lei nº 9.394, de 20/12/21996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. São Paulo: Editora do Brasil S/A.
COSTA, Marisa Vorraber. Novos olhares na pesquisa em educação. Rio de Janeiro: DP & A, 2002. p. 18.
KONDER, Leandro. O que é Dialética. São Paulo: Brasiliense, 1985. p. 112. Disponível em: <http://portalensinando.com.br/ensinando/principal/conteúdo>. Acesso em: 22 maio 2010.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. São Paulo: Cortez, 2001. p. 14.

MORIN, Edgar. Educar na era planetária. São Paulo: Cortez, 2003. p. 105.

fonte; http://www.pedagogia.com.br/artigos/educacaoesociedade/

Obrigado pela visita, volte sempre.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...