ABAIXO OS SEGUIDORES DESTE BLOG OBRIGADO POR ACOMPANHAR NOSSO BLOG.

Seguidores

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Cinco alimentos que os experts não comem



É muito provável que ao escolher o tipo de alimentação que você está levando para casa você se preocupe em escolher somente o saudável. Correto? Mas, acontece que isso muitas vezes é feito com base nas convenções ditadas pelas propagandas da indústria alimentícia, enfatizadas pela mídia e pelas agências governamentais de saúde.
Portanto, fique alerta! Conheça os alimentos que são evitados pelas pessoas que realmente entendem de alimentação e tenha uma excelente saúde:

Alimentos Transgênicos
Os alimentos transgênicos encorajam o massivo uso de pesticidas e herbicidas em nosso solo, poluindo o terreno, rios, animais e humanos. Os alimentos transgênicos estão comprometendo o ambiente,política, econômica e custo social.
Infelizmente, a grande maioria dos alimentos consumidos hoje em dia faz parte do grupo dos transgênicos. Exemplo disso é o milho, a soja canola, o algodão e até a alfafa que alimenta o gado na América. Com isso, todo alimento processado que você compra pode conter ao menos um componente transgênico.
Estudos científicos têm mostrado que genes Roundup Ready encontrados nos alimentos transgênicos são transferidos para a nossa flora intestinal causando sérios danos e, além disso, um novo organismo até então não visto, que se desenvolve nas plantações com transgênicos, está colocando em risco as espécies, pois está correlacionado com altas taxas de infertilidade e abortos espontâneos, comparada por pesquisas.
Além de poluírem o nosso corpo com DNA mutante, consumindo alimento transgênico com Roundup Ready estamos consumindo uma dose robusta de herbicida, uma vez que essa cultura transgênica permite que se usem mais pesticidas pulverizadas do que a cultura convencional.
Alimentos transgênicos incluem: milho, soja, beterraba, batata, alfafa, canola, papaia, arroz, mel, abóbora, tomate, tabaco, ervilhas etc.

Tomates Enlatados
Esses alimentos contêm no revestimento da lata o Bisphenol-A (BPA), um estrógeno sintético que está ligado com diversas doenças, como infertilidade e câncer de próstata e de mama.
O problema fica pior quando a lata contém alimento ácido como o tomate, que libera BPA no alimento.

Carne de Gado Confinado
O gado foi designado para comer capim e não milho, porém o gado moderno é alimentado de forma não natural como forma de ganhar peso o mais rápido possível o que não os deixa saudáveis. Cada vez mais os criadores de gado estão adotando esse método, o que significa menos nutrição no seu prato.
Um estudo recente conduzido pelo USDA e por pesquisadores da Universidade de Clemson comparou a carne do gado criado em pasto com o gado confinado com ração e demonstrou que o primeiro possui maior concentração de Betacaroteno, vitamina E, Ômega 3, CLA, cálcio, magnésio e potássio e baixa concentração de Ômega 6, além de menos gordura saturada que esta ligada às doenças do coração. Por isso, consuma sempre a carne de gado criado com pastagem. A sua saúde agradece!

Pipoca de Micro-ondas
Químicos contidos no pacote, como a PFOA, têm sido relacionados com infertilidade em humanos, e várias formas de câncer em testes animais. Os estudos mostram que o microondas causa a vaporização dos elementos químicos que acabam migrando para a pipoca.
Esses elementos ficam em nosso corpo por anos e anos e vão se acumulando, como mostrou Naidenko, pesquisador e cientista do Environmental Working Group. A preocupação dos pesquisadores é a de que os elementos químicos presentes na pipoca de micro-ondas possam atingir níveis em humanos que se aproximem das quantidades causadoras de câncer, como aconteceu com animais testados em laboratório.
Os fabricantes já se comprometeram a retirar a PFOA voluntariamente dos sacos de pipoca a partir de 2015. Até lá prefira a pipoca feita de modo antigo!

Salmão de Cativeiro
Na natureza o salmão não é alimentado com soja, carne de frango e penas de galinha hidrolisada. Então por que alimentá-lo assim nos cativeiros sabendo que isso danifica suas propriedades?
Como resultado desse tratamento, o salmão de cativeiro tem pouca concentração de vitamina D e altas concentrações de carcinogênicos, PCBs, pesticidas como Dioxina e DDT (de acordo com David Carpenter, MD diretor do Instituto de Saúde e Ambiente da Universidade de Albany, além de ter publicado no Journal Science um extensivo estudo sobre a contaminação nos peixes). Estudos preliminares também ligam a presença do DDT a doenças como obesidade e diabetes.
Vale destacar também que o salmão de cativeiro possui alta concentração de Ômega 6 e pouco Ômega 3, não havendo o equilíbrio ideal. Essa alta taxa de Ômega 6 se deve ao fato de que este salmão é alimentado com rações ricas em milho e soja.
Então, quando você consome salmão de cativeiro, você está absorvendo também todos os elementos químicos que dele fazem parte.
Portanto, eu só aconselho que você faça uso de salmão selvagem em sua alimentação.

Seguindo esta lista você não só estará evitando uma série de problemas em sua vida como também estará garantindo mais saúde para você e sua família.
Adote esta lista como referência do que não consumir e tenha uma boa saúde!


Referências bibliográficas:
1. Seeds of Deception Set  – Jeffrey M. Smith – Autor
2. The Gmo Trilogy  – Jeffrey M. Smith – Autor
3. Wake Up World December 2011
4. Hidden dangers in kids’ meals – Jeffrey M. Smith  – Autor
5. Yamada T. Kremer RJ. De Carmargo e Castro and Wood BW. Glyphosate interactions with physiology, nutrition, and diseases of plants: threats to agricultural sustainability? Europ J Agronomy 2009 31, 111-3
6. Ho MW and Cummins J. Roundup Ready sudden death, superweeds, allergens…time to wipe GM crops off the globe. Science in Society 28, 26-27, 2005.
7. Ho MW. Ban glyphosate herbicides now. Science in Society 43, 34-35, 2009.
8. Johal GS and Huber DM. Glyphosate effects on diseases of plants. Eur J Agron 2009, 144-52.
9.  “Scientist warns of dire consequences with widespread use of glyphosate”, The Organic & Non-GMO Report, May 2010, http://www.non-gmoreport.com/articles/may10/consequenceso_widespread_glyphosate_use.php
10. “Scientist finding many negative impacts of Roundup Ready GM crops, USDA doesn’t want to publicize studies showing negative impact2, The Organic & Non-GMO Report, January 2010, http://www.non-gmoreport.com/articles/jan10/scientists_find_negative_impacts_of_GM_crops.php
11. Kremer RJ and Means NE. Glyphosate and glyphosate-resistant crop interactions with rhizosphere microorganisms. European Journal of Agronomy 2009, 31, 153-61.
12. U.S. Food and Drug AdministrationUpdate on Bisphenol A for Use in Food Contact Applications: January 2010; 15 January 2010 .
13. Martin Mittelstaedt. Canada first to declare bisphenol A toxicGlobe and Mail (Canada). 13 October 2010.
14. EU to ban Bisphenol A in baby bottles in 2011; 25 November 2010 .
15. Phenol Derivatives. Weinheim: Wiley-VCH; 2002. (Ullmann’s Encyclopedia of Industrial Chemistry). doi:10.1002/14356007.a19_313.
16. Experts demand European action on plastics chemical. 22 June 2010. Reuters.
17. National Toxicology Program, U.S. Department of Health and Human Services. CERHR Expert Panel Report for Bisphenol A [PDF].. 26 November 2007 .
18.U.S. Environmental Protection Agency. Bisphenol A Action Plan; 29 March 2010.
19. Concern over canned foodsConsumer Reports. December 2009 .
20. Soaring BPA Levels Found in People Who Eat Canned Foods. 23 November 2011. Fox News.
21. Studies Report More Harmful Effects From BPAU.S. News & World Report. 10 June 2009 .
22. California Progress Report. Lawmakers to press for BPA regulation; 17 July 2009 .
23. Dr. Wilson Rondó Jr. – Sinal Verde para a Carne Vermelha, Editora Gaia. 2011

fonte; http://www.drrondo.com/cinco-alimentos-que-os-experts-nao-comem/

Obrigado pela visita, volte sempre.
Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...